Share, , Google Plus, Pinterest,

Postado em

Conteúdo Netflix: muito além do streaming

O branded content criado para levar os filmes para a vida real do usuário

Dizer que a Netflix mudou o nosso modo de consumir filmes e séries não é novidade nenhuma. Para ter uma ideia do tamanho do sucesso, só aqui no Brasil, o faturamento da rede já é de aproximadamente R$500 milhões, o que corresponde a mais do que ganham a Record e a Rede TV juntas. No mundo, a empresa tem mais de 65 milhões de usuários e chegou à cifra de US$ 1,6 bilhão só no segundo trimestre deste ano. Mas você sabia que existe um universo além do serviço de streaming?

Explorando as mil possibilidades das plataformas on-line, onde está o seu público, a Netflix investe em branded content de altíssima qualidade, focado em relacionar o conteúdo produzido pela marca para a realidade e, assim, convidar o usuário a ter uma visão mais crítica sobre as séries e documentários.

  • Orange is the New Black
    OITNBS3_14JULY14_WHILDEN_D0373.NEF
    Orange is the New Black
  • Branded content da série Orange is the New Black
    Netflix_OITNB
    Branded content da série Orange is the New Black
  • Narcos
    narcos2edited
    Narcos
  • Branded content da série Narcos
    Cocaine_content
    Branded content da série Narcos
  • 20151019-netflix-tablet
    20151019-netflix-tablet
  • Branded content da série Marco Polo
    _Marco_Polo_copy_copy
    Branded content da série Marco Polo

Procedendo deste modo, basta lembrar, para ilustrar este investimento, o lançamento de Orange is the New Black, em julho de 2013, onde o T Brand Studio, responsável pelo conteúdo pago do The New York Times, desenvolveu uma página especial para a série repleta de informações relacionadas ao sistema prisional feminino e também um documentário com depoimentos de presidiárias reais. Já para a série Narcos, a Netflix criou o Cocainenomics, um hotsite realizado em parceria como jornal The Wall Street Journal, com artigos diversos sobre a operação multimilionária de Pablo Escobar e a guerra das dogras ao redor do mundo; informações históricas e socioeconômicas da cidade de Medellin no período retratado pela série e conta, ainda, com um teste de dez questões para avaliar seus conhecimentos em Narcos

A empresa para tentar criar ainda mais interatividade entre seus usuários desenvolveu o Netflix Documentary Club, lançado em dezembro de 2013, é o que pode-se chamar de “clube do livro”, segundo os americanos, sobre os documentários disponíveis na plataforma. O projeto, porém, mesmo tendo começado a todo vapor, perdeu forças até ser completamente abandonado em 2014.

Enfim, a Netflix procura implementar conteúdo que converse e interaja com seu usuário de forma engenhosa e inteligente, fazendo disto a grande aposta da empresa para conquistar mais espaço e fidelizar seus usuários.

Conheça os principais cases de conteúdo de marca feito pela Netflix:

Cocainenomics

Content Orange is the New Black

Netflix Documentary Club

NY Times Idea Lab

Clube de livros, somente documentários

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *